Agora ou Blogo?
sábado, dezembro 24, 2005
 
.::. Boas festas em Dezembro e Janeiro

- Qual a semelhança entre os espumantes e os candidatos à presidência da república?
- Há os brutos e os meio-secos.

Boas Festas!

quinta-feira, setembro 22, 2005
 
.::. Furacões autárquicos


Depois dos efeitos devastadores de Katrina, Ophelia e Rita nos EUA, O AoB tem andado preocupado com a chegada dos furacões autárquicos a Portugal. Publicamos aqui em primeira mão a lista de furacões mais perigosos (atenção, Protecção Civil):

1. Furacão Avelino - grau 4; efeitos - cadeiras partidas em Marco de Canavezes; impropérios; permanência durante dois meses numa Quinta; dirige-se agora para Amarante, onde chegará a 9 de Outubro. Atenção ao mobiliário. Chuvas fortes; ventos fortes. Tendência - a subir.
2. Furacão Fátima - grau 5; muito perigoso e capa de todos os jornais; vindo do Brasil, ataca em Felgueiras; efeitos devastadores no bom senso, inteligência e decência. Chuvas muito fortes; ventos muito fortes. Atenção aos sacos. Tendência - a manter no máximo.
3. Furacão Isaltino - grau 3; este furacão teve origem na Suíça mas ronda Oeiras, onde desde Julho tem fustigado todos os cantos do concelho; intensidade média, provoca muitas nuvens de cachimbo. Atenção aos táxis. Chuvas médias; ventos médios. Tendência - a diminuir.
4. Furacão Valentim - grau 4; permanência em Gondomar e em diversos campos de futebol; Às vezes viaja de metro. Atenção aos roupões. Provoca ausência de discernimento; chuvas médias; ventos fortes. Tendência - constante.

quinta-feira, junho 30, 2005
 
.::. Código da Estrada
Imaginemos esta situação.
No novo código da estrada, quando um automóvel ligeiro de passageiros se apresenta num cruzamento à direita de um avião bimotor, quem tem prioridade?

Mas que mania que temos de copiar o que há lá fora!

segunda-feira, junho 13, 2005
 
.::. VOCABULÁRIO #2
Apetece-me continuar a missão patriótica (sim, porque sou como o outro: a minha pátria é a língua portuguesa) e retomar uma apreciadíssima tradição aqui da redacção do AoB, a de enriquecer o vocabulário dos leitores. Alegrai-vos pois, ó massas! Qual Malaca, qual Casteleiro! Nós é que plantamos sementinhas no nabal da Última Flor do Lácio!

Eia pois o que, à custa de uma bolsa do Instituto Camões, recolhi nos mais recentes 18 meses (e, em particular, nos últimos 30 minutos):

ANÃO: s.m. Ano com mais de 366 dias. Cf. MESÃO, DEÃO.

BRAVATA: s.f. Uma gravata que merece bravos, portanto nada do tipo Goucha.

CIRCUNCISÃO: s.f. Uma desavença antiga entre as famílias Chen e Cardinali.

DIABÉTICO: s.m. Uma jornada passada na Andaluzia.

EMBAIXADOR: s.m. Diz-se quando se é atingido no baixo-ventre.

FURADOURO: s.m. Projecto para um túnel do metro do Porto, entretanto abandonado.

GASTÁVEL: adj. Diz-se do gás quando não aumenta de preço.

Vou agora ver se me estendem a duração da bolsa. Tenho projectos que vão de H até L, a desenvolver até ao fim do ano.

quinta-feira, junho 02, 2005
 
.::. Grande Mega
Os criativos não param de surpreender. Como é que alguém no seu perfeito juízo poderá sair-se com um "GRANDE MEGA" e julgar que é um bom slogan, seja para que produto for?

segunda-feira, maio 23, 2005
 
.::. Futebol: Viagra moral?
Ouvi um comentário jornalístico onde o especialista afirmava que «O Benfica ao ganhar o campeonato vai levantar o moral e animar Portugal, o qual tem andado em baixo com a crise»., provavelmente insistindo na assustadora referência que existem mais benfiquistas que portugueses.

Mas quando ouvimos o Trapattoni dizer «Quero ir para casa!» ou quando vimos o Mourinho festejar (not) nas vitórias portuguesas do FCP o ano passado, ambos na iminência de saírem do País, algo me diz que a «peneira está a deixar passar raios de sol a mais que a conta».

Eu cá continuo em baixo... vá se lá saber porquê.

quarta-feira, abril 20, 2005
 
.::. o velho papa
Ratzinger é o novo Papa. a igreja escolhe um conservador de 78 anos para a liderar, e levá-la pelo bom caminho da doutrina e do dogma. Eugen Drewermann disse que "a Igreja rejeitou o humanismo durante 500 anos, a reforma protestante durante 450, o Iluminismo durante 200 e as modernas ciências naturais durante 100". Realmente não seria de esperar que abraçasse a mudança facilmente, e por isso vai continuar a perseguir ferozmente aqueles que advogam que a obra da igreja deve ser feita junto dos pobres e não no Vaticano, como Leonardo Boff e os outros Teólogos da Libertação.

Assim como o diabo demorou muitos séculos a desaparecer e a terra a sair do centro do universo, muitos milhões de pessoas vão continuar a morrer porque a Igreja Católica continua a privilegiar a salvação da alma em vez da preservação da vida.

sexta-feira, abril 15, 2005
 
.::. Funeral do Príncipe Rainier III
Soube hoje que o espaço aéreo do Mónaco estará encerrado hoje, por causa do funeral do Príncipe Rainier III. Imagino a conversa entre piloto e torre de controlo:
P: - Daqui XPT54, peço autorização para sobrevoar o Mónaco.
TC: - Daqui Torre La Condamine, espaço aéreo encerrado, repito, espaço aéreo encerrado.
P: - Então e agora? Escuto.
TC: - Desvie rota 5 metros para a direita. Repito, 5 metros.

quinta-feira, março 24, 2005
 
.::. «Operazzione Operazzione»
Por respeito e na sequência dos acontecimentos recentes, retirámos o post que aqui se encontrava.

terça-feira, março 15, 2005
 
.::. A GRANDE MEDIDA
Ou eu me engano muito, ou daqui a pouco vamos poder comprar combustíveis nas farmácias.

segunda-feira, fevereiro 21, 2005
 
.::. As contas do dia seguinte (II)
Já se sabe que a regra de Hondt favorece os partidos "grandes" e as coligações. Como seria se o PPD/PSD e o CDS/PP tivessem concorrido em coligação pré-eleitoral? Claro que todo este exercício supõe que a coligação teria exactamente a soma dos votos dos dois partidos (dois ou mais, se contarmos o MPT e o PPM) e os restantes teriam o mesmo número de votos:

AVEIRO: Colig. 8 / PS 7. Ganhariam um deputado ao PS.

BEJA: Nenhuma mudança.

BRAGA: Nenhuma mudança. Em vez de PSD 7 + PP 1 teriam 8.

BRAGANÇA: Nenhuma mudança.

CASTELO BRANCO: Colig. 2 / PS 3. Ganhariam um deputado ao PS.

COIMBRA: Nenhuma mudança.

ÉVORA: Nenhuma mudança.

FARO: Colig. 3 / PS 5. Ganhariam um deputado ao PS.

GUARDA: Nenhuma mudança.

LEIRIA: Nenhuma mudança. Em vez de PSD 5 + PP 1 teriam 6.

LISBOA: Nenhuma mudança. Em vez de PSD 12 + PP 4 teriam 16.

PORTALEGRE: Nenhuma mudança.

PORTO: Nenhuma mudança. Em vez de PSD 12 + PP 2 teriam 14.

SANTARÉM: Colig. 4 / PS 5 / PCP 1. Ganhariam um deputado ao PS.

SETÚBAL: Nenhuma mudança. Em vez de PSD 3 + PP 1 teriam 4.

VIANA DO CASTELO: Nenhuma mudança. Em vez de PSD 2 + PP 1 teriam 3 (mas com mais votos que o PS)

VILA REAL: Colig. 3 / PS 2. Ganhariam um deputado ao PS.

VISEU: Nenhuma mudança. Em vez de PSD 4 + PP 1 teriam 5 (mas com mais votos que o PS)

AÇORES: Nenhuma mudança.

MADEIRA: Colig. 4 / PS 2. Ganhariam um deputado ao PS.

Em resumo, a coligação permitiria "roubar" 6 deputados ao PS, sendo os totais (excluindo os círculos de emigração): PS 114 / PSD+PP 90 / PCP 14 / BE 8.

Então, ficaríamos à espera dos votos dos emigrantes para saber como desempatar isto... e novamente teríamos a hipótese de "empate" com os famosos 115, já que é mais provável que o PSD consiga 3 e o PS 1 dos deputados eleitos "lá fora". O regresso do Queijo Limiano?

 
.::. As contas do dia seguinte (I)
Se houvesse apenas um círculo nacional, à semelhança das eleições para o Parlamento Europeu, os números teriam sido os seguintes (nesta altura, falta apurar os resultados dos círculos da emigração, num total de 4 deputados):

-- / Dep / AR'05
PS / 107 / 120 (teriam -13)
PSD / 68 / 72 (teriam -4)
CDU / 17 / 14 (teriam +3)
CDS / 17 / 12 (teriam +5)
BE / 15 / 8 (teriam +7)
MRPP / 1 / 0 (teriam +1)
PND / 1 / 0 (teriam +1)
PH / 0 / 0 (=)
PNR / 0 / 0 (=)
POUS / 0 / 0 (=)
PDA / 0 / 0 (=)

Mais uma vez se confirma que a regra de Hondt prejudicou sobretudo o BE e o CDS e beneficiou o PS.

sexta-feira, janeiro 28, 2005
 
.::. O Freitas é...
... canhoto!

quarta-feira, janeiro 26, 2005
 
.::. Bolinha Vermelha
Na semana passada diversos cartazes com fotografias dos líderes partidários foram vandalizados, com a colocação de bolinhas vermelhas nos seus narizitos. Todos foram vítimas: Santana, Sócrates, Portas e Louçã. Todos? Não... todos menos um.
Pois bem, o AoB, a bem da democracia e da igualdade, aqui publica o apêndice nasal de Jerónimo de Sousa tal como podia ter surgido ao incauto cidadão. E fica também uma adivinha: se os outros levaram com a bolinha vermelha, porque não este? Claro... não precisa.

terça-feira, novembro 30, 2004
 
.::. Taveira e o Túnel
Segundo o Diário Digital, PS/Lisboa apresenta proposta para o túnel do Marquês. Uma solução com a colaboração do conhecido arquitecto Tomás Taveira.

Hmmm. Imagino as anedotas que vão surgir.

E ainda dizem que a proposta foi desenvolvida "na Rua da Artilharia Um, no cruzamento com a Joaquim Augusto de Aguiar".

In situ.

Fantástico.

terça-feira, outubro 12, 2004
 
.::. DE CABELO EM PÉ
Pareceu-me ouvir numa notícia no Telejornal, na qual populares madeirenses se insurgiam contra o Cura da aldeia ter sido transferido, um grito que por cima da azáfama e do rebuliço ecoava, num sotaque retinto:
«Temos cabelo armado e não temos problemas em usá-lo!»

quinta-feira, setembro 30, 2004
 
.::. O DISPARATE TOTAL

Nesta página do Diário Digital, diz-se "Mulheres mais rápidas do que os homens em 2156: A revista Nature publica na sua próxima edição um estudo que indica que em 2156 as mulheres correrão mais rápido do que os homens."
O magnífico estudo conclui que "as posições poderão inverter-se já em 2064 ou, no pior dos cenários, em 2156".
Isso, apontem uma data em que nenhum de nós estará cá para ver. A não ser que a esperança de vida aumente para 160 anos, já em 2085 ou, no pior dos cenários, em 2177.

quarta-feira, setembro 22, 2004
 
.::. DEUTSCH
Estive recentemente na Alemanha, onde se fala aquela Língua em que o Imperador Carlos V falava com o seu Cavalo. Só para isso, mesmo: é cheia de Particularidades estranhas, três Géneros, Casos Dativos e Genitivos, Palavras longuíssimas, muitos Dialectos.
Mas o mais irritante é que colocam os Substantivos sempre com Maiúsculas.
Que Estupidez!

segunda-feira, setembro 20, 2004
 
.::. Branco
(Esta posta foi deixada propositadamente em branco)








quinta-feira, setembro 09, 2004
 
hoje uma pomba voou por cima de mim e dei cá comigo a pensar que cagar em voo é um exercício de coordenação espantoso.

terça-feira, setembro 07, 2004
 
.::. ainda a Ossétia
A cada novo detalhe do sequestro da escola na Ossétia do Norte a história torna-se mais tenebrosa.

A televisão NTV russa divulgou um video feito pelos terroristas que mostra o cenário do ginásio. O Público explica o que se vê no video e que é contado na página em russo.

Aparentemente todos os homens foram executados logo no primeiro dia, provavelmente para evitar que se virassem contra os terroristas.

Todos os homens significa que muitos dos miudos que sobreviveram ficaram sem pai. Aquele era o primeiro dia de escola e os terroristas entraram durante a festa de início do ano lectivo.

Aparentemente também, as explosões que desencadearam a entrada das tropas russas e o desabamento do telhado do ginásio foram provocadas pela queda de uma das bombas que estavam montadas nos cestos de basquetebol. Parece que ficaram mal presas.

Não deve haver nada mais detestável no mundo do que um terrorista que não só é sanguinário e sem escrúpulos como ainda por cima é amador e não sabe o que está a fazer.

segunda-feira, setembro 06, 2004
 
.::. na Ossétia

Neste momento o número de mortos da escola da Ossétia do Norte vai em 400.

Quatrocentos.

No teatro de Moscovo em 2002, os terroristas eram 41, os mortos foram 130. Na Ossétia os terroristas eram 32.

Os russos claramente não primam pela subtileza quando se fala de terrorismo. Mas é redutor reduzir a tragédia da Ossétia à impaciência do exército russo. Esta tomada de reféns na escola foi feita para causar vítimas, muitas vítimas.

Não é legítimo que um grupo independentista, seja a sua causa justa ou não, perca totalmente a noção da realidade e use 1200 civis de uma escola como escudo enfiando-as num ginásio rodeadas de bombas e vá executando gente a seu belo prazer.

Não só deslegitima qualquer luta justa por uma causa como torna a causa menos justa.

Como sugeriam as Renas e veados, a ONU devia adiar a criação de novos estados por 10 anos por cada morto civil que uma guerra independentista provoque.

Não há nada que consiga sarar esta banalização da violência.

terça-feira, julho 27, 2004
 
.::. O meu heroi


O José Azevedo acabou em 5º lugar da mais difícil prova ciclística do Mundo. À frente de todos os Espanhois, à frente de todos os Franceses, bastiões tradicionais do ciclismo com muitos milhares de adeptos.


Foi o melhor ciclista da US Postal a seguir ao Lance Armstrong, e logo no primeiro ano em que corre pela equipa.


Não tem gente exaltante a gritar pelas ruas nem bandeiras a agitarem-se por ele, mas merece-o.


É o meu heroi.


terça-feira, julho 20, 2004
 
.::. PRÉMIO AoB ESCAPADELA 2004
Genial, a revelação do senhor da fotografia: acabou de revelar na entrevista a Judite de Sousa que a derrota no concelho de Lisboa da coligação PS-PCP-PEV nas autárquicas de 2002 foi "da responsabilidade do dr. João Soares, e nós [PCP] alertamos várias vezes para isso, mas ele é bastante teimoso".

segunda-feira, julho 19, 2004
 
.::. PRÉMIO AoB FUTURO 2004
E para que não digam que só dou tautau no lado esquerdo da fauna política, cá vai o prémio AoB Futuro 2004, para Paulo Portas, com a sua enigmática frase: "o futuro vai passar por José Manuel Rodrigues".
Ah.

sábado, julho 17, 2004
 
.::. PRÉMIO AoB DESCOBERTAS 2004
... e o vencedor é...
 
Francisco Louçã, dirigente do Bullock de Esquerda, com a sua reveladora frase "Santana convidou amigos para o Governo".
 

sexta-feira, julho 16, 2004
 
.::. 16 16 16
Curiosidade:
A 16 de Julho, 16 novos ministros integram o 16º Governo Constitucional...
Muito bíblico... Santanás anda por aí.

 
.::. SWEET XVI
Santa Ana Lopes encabeça o novo governo (não, este não se escreve com maiúscula) chamando para junto de si malta que até tem trabalho feito. Pasme-se por se saber que na verdade o trabalho que têm feito acaba por ser... noutras áreas que aquelas que vão tutelar.
Vejamos...

Fernando Mancha Negra, conhecido pelo (bom) trabalho à frente da PJ fica com... a Segurança Social. Em curtas declarações, conseguimos arrancar que «na verdade, isto da PJ e da SS acaba por ser semelhante pois há mistérios para resolver e crimes em barda».

Já Baguinho Félix, feliz na atitude mais reformadora do Governo anterior que liderou no Segurança Social vai para... as Finanças. Entrevistado a este respeito pelo AoB assegurou-nos que «Sabe que na vida devemos guardar as coisas que mais gostamos de fazer para hobbies e não para o dia-a-dia. O que eu faço agora é passar os tempos livres a ver os logs do serviço online da SS na internet, só pela piada. Como trabalho, prefiro coisas com défice e afins e espero que, nas Finanças, tenha oportunidade de fazer estas e outras coisas que não gosto.»

O Paulo Janelas que provou não se ajeitar com aquilo da Defesa, pois, por lá continuou.

Convenhamos que não é fácil decidir favoravelmente aos convites para este executivo (não, também não é com maiúscula). Os que cá estão correm o risco de ficar queimados e não há Serviço Nacional de Bombeiros que os valha.

A vir, que venha Agora, e não bLogo. Vade Retro Santanás... ou então, não.


quinta-feira, julho 15, 2004
 
.::. CHAMEM O EXÉRCITO

A propósito desta notícia, do jornal "O Jogo", com o título Mapas cartográficos do Exército chamados a "guerra" na III Divisão!: Eu sempre julguei que do Porto para cima era tudo "Norte"!!! Não os podem pôr todos no mesmo saco?

 
.::. PR FALHA CONTROLO ANTI-DOPING
Minutos após a declaração presidencial na qual sua Excelência decide não causar muitas ondas e deixar andar (qual Meique Piços, Note Lave, very 60's, Flour Power,...) consta que o lider socialista solicitou, nos termos da Constituição, que o PR fosse submetido a um teste anti-doping e que este terá recusado, sob o argumento que a Maria é que andava metida nisso.

- Não me surpreenderia encontrar vestígios de um «calmante» em doses cavalares - confessa Minério Rodrigues.

- Acusa então o PR de consumo de drogas? - quisemos esclarecer.

- De modo algum - recua, bezendo-se - Apenas suspeito que fontes próximas de Santa Ana Lopes, malta da JSD, poderão ter drogado Sua Excelência.

- Qual terá sido o efeito dessa substância, no seu entender?

- No mínimo, deve ter visto muitas luzinhas laranjas. Eu sei porque já me fizeram o mesmo, logo após o rapto alienígena... o de 1984. Este último já foi mas íntimo - esclarece. - Mas isso fica para outra altura.

- Também com tanta bandeira e cachecol nas ruas não é difícil ficar com o espectro cromático descalibrado. - desabafamos - Ainda no outro dia estava a comer uma maçã e parecia-me uma esfera armilar.

 
.::. Faz turismo invadindo um país
O Butler Report publicado hoje dispara em todas as direcções (sem nomear um único culpado, é certo) e tem como conclusão clara o facto da guerra ser injustificada. O Tony Blair foi ao Parlamento justificar-se e a BBC passou de rajada as suas declarações de agora e em 2002 para expor a inconsequência de posições.

O relatório americano (com uma versão com reconhecimento de caracteres AQUI, o que dá imenso jeito num doc de mais de 500 páginas) vem concluir a mesma coisa, que as provas que o Powell apresentou nas nações unidas não eram sólidas e que claramente o Iraque foi invadido pelas razões erradas.

Tanto o Bush como o Blair argumentaram que um Iraque livre e sem Saddam é o que importa.

Estes argumentos são discutíveis mas o que é bastante curioso e preocupante é o distanciamento com que os media de Portugal olham para o desenrolar do drama nos EUA e no Reino Unido.

Por acaso não estamos também envolvidos na guerra? não nos foi dito que íamos para lá para apoiar os nossos parceiros, e que íamos pelas razões certas?

Se as razões são postas em causa não devemos também nós questionar os nossos dirigentes sobre qual é afinal a razão pela qual estamos a travar uma guerra num país onde não há interesse estratégico nacional, onde não temos interesses económicos já que os EUA só parecem estar dispostos a deixar caír algumas migalhas, e onde claramente o único problema humanitário é causado por nós?

Se a razão pela qual entrámos no Iraque era a mesma dos nossos aliados porque é que o debate não se instala por cá?

 
.::. Nunca mais voltas ao cais
Santana despediu-se emocionado da Câmara de Lisboa. No meio desta crise, o Durão Barroso dirigiu-se às pessoas que o elegeram. O Sampaio também. O Ferro Rodrigues também. Só o Santana Lopes é que não.

Será que a sua plebe municipal não merece mais do que presumir explicações? Será que é obrigatório desprezar o que ficou para trás a partir do momento em que se olha para a frente? Será que o Santana Lopes tem um torcicolo?

Sobre as verdadeiras questões que atormentam os munícipes nenhum jornal ou televisão se debruça...

terça-feira, julho 13, 2004
 
.::. A solidão que nos espera
Este artigo no MIT Technology Review dá-nos um lamiré sobre o tipo de comunicação (chamada ubíqua) que teremos todos no futuro.

o nosso telemóvel já é um centro de comunicações que nos mantém ligados à internet e aos nossos amigos, permitindo que actualizemos blogs ou mandemos mails onde quer que estejamos. mas comparado com o que aí vem, isto será como pedir uma ligação via telefonista.

Num mundo em que estamos todos permanentemente ligados a toda a gente, em que conhecemos e interagimos com mais pessoas do que alguma vez fizemos, e em que a sexualidade se libertou ao ponto de ser mais frequente fazer sexo do que amizades, estamos mais sozinhos do que nunca.

É com isto em mente que uma série de gente (incluíndo os portugueses da YDreams) anda a tentar fazer do telemóvel um meio de interacção social. Quantas vezes já andámos nos transportes públicos a pensar quanta daquela gente que ali anda pode ser interessante, quantos potenciais grandes amigos andamos a perder ou com quantas caras-metade nos cruzámos em filas de cinema?

Pois é neste campo que se está a jogar. Com quase todos os telemóveis que se vendem hoje em dia equipados com Bluetooth, a ideia é tê-los permanentemente a scanar em volta de nós à procura de pessoas com características ou gostos semelhantes aos nossos, e que também estejam na disposição de interagir.

Se por um lado este tipo de interacção abre as portas a novas possibilidades de conhecimento e à eventual perspectiva de uma vida mais completa e rodeada de gente com quem temos mais afinidades, esta direcção que a tecnologia está a tomar põe a nu o facto inegável de que a solidão se tornou uma companheira permanente das sociedades desenvolvidas.

Será causa ou consequência do avanço civilizacional?

sexta-feira, julho 09, 2004
 
.::. suspiro

não há eleições.

o Santana Lopes vai ser primeiro-ministro.

o Paulo Portas ministro dos negócios estrangeiros.

a única alternativa política ficou à deriva.



logo agora que parecia que o orgulho nacional se tinha re-encontrado a si próprio e que me estava a começar a identificar com Portugal, Portugal resolve deixar de se identificar comigo. É um duro golpe. durante pelo menos dois anos este vai ser um país onde eu não vou querer estar.

se calhar estava mesmo na altura de me ir embora...

quarta-feira, julho 07, 2004
 
.::. Pensa, c'è il nuovo Manifesto.

O Manifesto é um jornal italiano da esquerda mais radical, com artigos que não pretendem ser imparciais mas sim fazer opinião.

É difícil de ler, principalmente para aqueles de nós habituados a jornais como o Público, em que a fronteira entre opinião e jornalismo está bem delineada. Num país polarizado políticamente como a itália a maior parte dos jornais são claramente de um espectro ou de outro e o Manifesto acaba por congregar a esquerda insatisfeita com os partidos tradicionais de esquerda (Democratici di Sinistra, Rifondazione Comunista, Margherita). A Politica XXI tambem chegou a editar um 'Manifesto' em Portugal, mas os portugueses não parecem gostar de opiniões tão claramente polarizadas como os italianos.

O Il Manifesto cultiva esta imagem e assume a defesa de um certo tipo de pensamento. Esta campanha com personalidades conhecidas da vida italiana (dois músicos, um escritor e uma actriz) está muito bem esgalhada.

domingo, julho 04, 2004
 
.::. a Lhasa vem cá
Finalmente, uma das vozes mais surpreendentes dos últimos anos vem cá visitar-nos. Como dizia o Jota, depois de no ano passado termos visto o Kimmo Pohjonen, a Mari Boine e os Simentera, só faltava cá vir a Lhasa para podermos morrer felizes.

e ela fez-nos a vontade. 4 concertos em Lisboa, Coimbra, Aveiro e Porto (de 7 a 10 de Julho) vão deixar muita gente deliciada e outros tantos milhares a roerem-se de inveja depois de saberem o que perderam. Ás vezes é preciso forçarmo-nos a aventurar no desconhecido para descobrirmos que o Mundo tem mais acordes para além dos que nos mostram a RFM e a MegaFM.

Ao ouvirmos os dois discos, La Llorona e The Living Road ficamos com a sensação que ela é uma daquelas latino-americanas de pele queimada pelo sol e endurecida pelas agruras da vida.

Em vez disso, é uma menininha tímida com pinta de frágil que dá vontade de proteger. Uma das expectativas maiores em relação ao concerto é ver como estas duas facetas se vão diluir em palco naquilo que é o grande som da Lhasa.

terça-feira, junho 29, 2004
 
.::. PAUSE PIPI

O Le Figaro tem a mania de retirar os artigos após algum tempo, de modo que antes que esta pérola se perca, cá está salva:
Euro de football: une pause pipi sans autorisation qui aurait pu coûter cher

BERLIN (AFP) - Une pause pipi sans autorisation de l'attaquant néerlandais Roy Makaay aurait pu coûter cher aux Pays-Bas lors de leur qualification aux dépens de la Suède 5 tirs au but à 4 (0-0 a.p.) samedi en quart de finale de l'Euro-2004 de football, a rapporté le quotidien allemand Bild.

Makaay, entré en jeu à la 87e minute à la place d'Andy van der Meyde, s'est précipité aux toilettes entre la fin du temps réglementaire et le début de la prolongation sans le signaler à l'arbitre slovaque Lubos Michel. Une infraction à la règle 12 de la Fédération internationale (FIFA), devant être sanctionnée par un avertissement, a souligné Bild. Mais ni l'arbitre, ni ses assistants, ni le quatrième arbitre n'ont remarqué la brève disparition du Néerlandais.

Or, a souligné le journal, Makaay avait reçu un avertissement à la 116e minute pour une faute sur le Suédois Kaellstrom. Si l'attaquant du Bayern Munich avait reçu un carton jaune pour être allé uriner sans autorisation avant la prolongation, il aurait donc dû être exclu. Ainsi, les Néerlandais auraient dû disputer les quatre dernières minutes à dix et Makaay n'aurait pas pu participer à la séance des tirs au but au cours de laquelle il a réussi son essai, égalisant à 4-4, en a déduit Bild.

"La victoire des Pays-Bas est irrégulière", a titré le quotidien allemand le plus lu, criant au "scandale pipi".

Les Pays-Bas, éternels rivaux de l'Allemagne en football, s'étaient qualifiés pour les quarts de finale en se classant deuxièmes derrière la République tchèque dans le groupe D, alors que la Mannschaft avait été éliminée après sa défaite (1-2) contre une équipe tchèque bis.


tirado de http://www.lefigaro.fr/perm/afp/ins/040628093356.xe9zcsvj.html

Ora aí está: O erro podia-se pagar bem Makaayro

domingo, junho 27, 2004
 
.::. Santanás
Parece que a hipótese de Santana Lopes avançar para primeiro-ministro está cada vez mais sólida. Isto apesar do Sampaio estrebuchar com o facto de ninguém lhe andar a ligar nenhuma e de dentro e fora do PSD haver imensa gente a quem a ideia de emigrar se torna cada vez mais plausível. Ao que parece só na Comissão Nacional do PSD é que o Santana é querido. Por azar, é mesmo daí que a decisão vai saír.

A manifestação em Belém vai começar daqui a uma hora e meia e apesar das manifestações valerem o que valem, temos pelo menos a ilusão de estarmos a fazer alguma coisa. É um pouco como o assumir a posição de embate nos aviões. Não salva vida nenhuma, mas pelo menos as pessoas entretêm-se com a ideia de estarem a participar num esforço em prol da sua sobrevivência.

Esta tarde vai ser assim.

Com alguma cobertura mediática a mensagem pode até chegar à Lapa, e haver por lá alguém que comece a ter dúvidas. Se tiver uma dimensão decente, pode ser a primeira vez em quase 30 anos que o povo sai à rua para uma tomada de posição forte contra o que está para vir. Portugal normalmente manifesta-se à posteriori.

Não há nada como um inimigo comum para unir as tribos de um país.

segunda-feira, junho 21, 2004
 
.::. FUTEBOL TOTAL

Ora façam lá o favor de dar uma olhada aqui e digam lá se não é incrível este jogo da bola!

quinta-feira, junho 10, 2004
 
.::. ONDE ESTÁ O TAKESHI?
Se algum dia repararem que falta algum colega de emprego, vejam lá se não lhe aconteceu nada como a este.

quarta-feira, junho 09, 2004
 
.::. MIKE TYSON: ENVIADO ESPECIAL
Seja Franco morreu esta manhã na lota de Matosinhos. Agora ou Blogo esteve lá para entender melhor a dimensão da tragédia e as suas causas.

AoB: Narciso, Narciso! - gritamos, enquanto puxamos o Dr. Narciso Mirandela para um local mais sossegado, longe da multidão - Recusa então qualquer relação com o incidente cardíaco?

NM: Absolutamente! E para verem que tenho razão deixe-me contar-lhe um episódio. - descarrega, ofegante. - Estávamos a trocar ideias de campanha quando de repente o Seja Franco calou-se, empalideceu e balbuciou «M.. M... Mai... Mai.. que» apontando a tremer para algures atrás de mim. Viro-me para ver do que tratava e só tenho tempo de ver uma peixeira negra da lota a fugir derrubando a soco toda a gente com ganchos de esquerda e upper-cuts (de forma impressionante, por acaso). Volto-me para a frente e já apanho o SF em fuga no sentido oposto e a meter-se no carro.

AoB: Enigmático.

Agradecemos a contribuição que, junto com a prestimosa denúncia do PSD algumas horas antes, nos colocou no encalço do Bicho Cornudo. Pedimos ao Dias que regressasse aos «cafundós dos infernos» e eis o relato que nos trouxe.

Ao que parece, entretanto no Inferno, o Mafarrico estava zangado e entre sonoros arrotos de enxofre e traques de fogo (haja cuecas para isto tudo), de camisola n.º3 do Benfica vestida, gritava com o Mike Tyson:

/\/\: Lindo serviço, pá. Eu disse para seres discreto. Já não bastava aquele traidor do Dias Lourinho ter posto a bófia no meu encalço.

MT: Não tive culpa. - responde, desviando-se das labaredas - Eu disfarcei-me de peixeira de Matosinhos... nem rapei o bigode e tudo.

/\/\: Mas o que é que eu te disse? Eu disse: «Mike, estamos com falta de lenha e precisamos de cobrar umas alminhas». Foi ou não foi?

MT: Sim, Sua Vermelhescência.

/\/\: E disse: «Vai atrás do Seja Franco e trá-lo por uma orelha»

MT: Sim, eu lembro-me que até respondi: «Uso a que está boa, já agora!» O que nos fartamos de rir...

/\/\: Cala-te! - interrompe - Liga já para o meu agente de viagens e cancela os meus bilhetes para o EURO2004. Á conta disto é melhor não ser visto por aquelas bandas... mesmo equipado à SLB.

terça-feira, junho 08, 2004
 
.::. COMENDO A DOR
Os rapazes que nos trouxeram músicas cuja letra mete qualquer coisa como «a puta da minha vida» vão ser comendadores.

A ideia que paira é a de que independentemente do que façam na vida, façam-no durante muito, mesmo muito, tempo, quer seja a cozinhar na TV, ou aos chutos e pontapés.
Não interessa inclusivé os episódios mais sórdidos envolvendo droga e estupefacientes (não, não estou a falar dos ingredientes utilizados pela Comendadora Maria de Lurdes Modesto). Imagino que a lição presidencial que fica é a de que é também importante saber ser tolerante e perdoar.

Afinal estes regimes presidenciais não são assim tão diferentes das monarquias, com os títulos de Sir e mais não-sei-quê. Pode inclusivé afirmar-se com grande propriedade que os Xutos são as nossas Pedras Rolantes.

segunda-feira, junho 07, 2004
 
.::. ...
O que é que foi isto?
...Psiu. Deixa ouvir!
...Nada. Silêncio.
Olha, acabou o Rock in Rio.

quarta-feira, junho 02, 2004
 
.::. IT'S JUST THERE
A expressão «É já ali» é disparada sempre que se questiona um alentejano sobre onde fica determinado lugar, independentemente da distância ser percorrível «a pedantes» ou de ser aproximadamente «do outro lado do Mundo».

Os perigos do recurso excessivo a mapas interactivos, em PDAs ou telemóveis, são semelhantes quando chegamos, por exemplo, a Serpa e queremos ir visitar Beja.
Quando inquiridos sobre o local de destino digitamos B-E-J-A, após indicarmos que estamos em Serpa. A máquina responde-nos que «é já ali»... a 25000km! Rússia?!
- Não - pensamos- não deve ser esta.
Clicamos «Next»
- 6000km?! Sudão!? Chiça Penico!
Levantamos a cabeça, olhando em redor e, de braço no ar, perguntamos:
- Ò Compadre, desculpe, não me pode indicar o caminho para Beja?

O resultado, assim como assim*, é semelhante: «é já ali». Pelo menos sempre se fala com os indígenas. Povo simpático, este o dos alentejanos. Tinha outra ideia deles, mas não está mal.


Notas de rodapé:
* outra expressão portuguesa de se lhe tirar o chapéu**.

** olha... outra expressão catita***

*** e assim se arruína uma tarde...

segunda-feira, maio 31, 2004
 
.::. EXPORTAÇÃO PORTUGUESA
Quando falamos de Portugal Positivo falamos também dos produtos portugueses que vingam «lá fora», distinguindo-se da demais concorrência.
É sabido que um dos produtos principais de exportação portuguesa são os Homicidas Automobilizados. Dado que a oferta é excessiva em Portugal, toca de exportar e espalharem-se um pouco por todo a Europa.

Agora chega-nos outro bem precioso lusitano a afirmar-se no estrangeiro: Transsexuais em Concursos Televisivos. Já se admite inclusivé alargar o conceito da Zona Demarcada ou da Denominação de Origem Controlada, à semelhança dos nossos vinhos.

É verdade que as instâncias governamentais nos sugeriram: «É preciso mudar para vencermos no mercado global» mas não era preciso ir tão longe.

domingo, maio 30, 2004
 
.::. VIZINHANÇA
Alguém nota alguma coisa mal neste título?

sexta-feira, maio 28, 2004
 
.::. SHALL SEE
No rescaldo da vitória da Liga dos Campeões arrancámos do treinador do FCP, José Mourama, as seguintes declarações:

«Mister, Mister; what will be your future?» - arriscámos perguntar, no nosso melhor inglês, o que ninguém ainda havia feito.
No rasgado sorriso de orelha-a-orelha que já nos habituou, responde: «We chel sea!»

Ficámos na mesma...

quinta-feira, maio 27, 2004
 
.::. PORTOgal POSITIVO

¡ Pooortoooo !



isto é que os tripeiros nos fazem sentir tugas dos bons...

segunda-feira, maio 24, 2004
 
.::. PLMP v SEPMB (ROUND 1)
Hoje temos connosco o líder da bancada do PLMP (Partido Leninista Marxista Português) Carlos Quercus (CQ) e sua Excelência o Primeiro-Ministro Molinho Barroso (SEPMMB), aos quais dirigimos o nosso agradecimento em terem aceite o nosso convite para um construtivo debate de ideias e impressões.

AoB: Molinho, como aprecia o movimento de contestação dos trabalhadores durante o Euro? - perguntamos.

SEPMMB: O PLMP é mau! - diz apontando o dedo indicador.

CQ: E você é feio! - apontando outro dedo, mesmo ao lado do anterior.

SEPMMB: Gorda! - aventa, ensaiando a representação do símbolo do seu partido com o auxílio da figura comummente designada por «manguito».

CQ: Estúpida! ...e Mentirosa. - responde enquanto tenta descolar a foice do martelo.

AoB: ... e assim se arruína uma tarde - informamos, sobre um fundo de gritos e chapadas, após o rasgar da própria camisa do SEPMMB e de 4 pares de murros no peito e 1 grito à Tarzan. - Vá lá, não se zanguem.

sábado, maio 22, 2004
 
.::. TODOS OS NOMES
O Ministério da Justiça obsequiou-nos com a lista dos pedidos feitos pelos pais que querem epitetar os seus rebentos com designações incomuns. A ideia é boa. Se por acaso estão a pensar chamar o vosso filho de Abdénago, Afranio, Amorzinda, Anais, Anquita ou Atão (falando só nos A's) agora já não precisam de fazer o pedido. Ficam a saber que o Ministério da Justiça já os autorizou antes e voltará a fazê-lo, se necessário.

é a Sociedade da Informação em acção.

já agora se estiverem aborrecidos e vos apetecer ir introspectar para a casa de banho com um marcador amarelo e as 39 páginas da lista de nomes, mandem para aqui as melhores que encontrarem.

 
.::. RENOVAÇÃO AMBIENTAL
Não há nada como tirar as theias de casa para que fique com um ar lindo.

quarta-feira, maio 19, 2004
 
.::. BANHO MINISTERIAL
Noticia o ExpressOnline que alguns ministros precisaram de intervenção policial conjunta da PSP e GNR para que tomassem um banhinho.
No interesse do apuramento da verdade e da informação vital ao público, recolhemos alguns depoimentos:

  • «Não se podia com o cheiro - confessa o praça Cana Amochas, que solicita o anonimato - especialmente quem, como eu, estava contra o vento.»


  • «Eu só me lembrava as visitas que faço aos Domingos à minha bisavó no lar de idosos.»


  • «Foi engraçado porque, olhando assim para ele, o Arnaut parece fraquito. - confidencia-nos a alferes Boade Farda - mas quando o canhão de água o apanhou em cheio e voaram as roupas, parecia o Stallone no Rambo»


  • Dizem as más-línguas que por entre os brados e gritos se ouviu:
    «Vá... e atrás das orelhas, também. Isso.»

    terça-feira, maio 18, 2004
     
    .::. EMBIRRANÇOS 4
    Este embirranço é alheio, não é meu. Acho que Luís Scolari, apesar de brasileiro, não gosta da Bahia.
    Ah, Bahia esse maravilhoso estado dos quindins, alma da MPB. Bahia, onde na gastronomia impera o frango...

    Roo-me (gosto muito desta palavra «roo-me» e peço já à dra. Edite Estrela para, se nos estiver a ler neste momento, fazer o obséquio de confirmar que está bem escrita), digo eu, roo-me por não saber o motivo deste embirranço. Porque será? Ainda procurei a explicação aqui mas nem eles sabem. Enfim, pode ser que dê certo! A ver vamos.

    sexta-feira, maio 14, 2004
     
    .::. PROCESSO EDITORIAL
    Na eterna demanda pelo conhecimento fomos visitar a redacção do CM, acompanhando uma sessão de trabalho que antecipa a edição mais importante para um diário: a de amanhã.

    Chegamos já em pleno frenesim, aparentemente causado pelo derrame de produtos tóxicos sobre uma creche, há 30min atrás.

    - Eh pá! Organizem-se! - eleva a voz o editor-chefe - Vamos lá a ver o que faz a capa amanhã. - sugere.

    - Eu tenho fotos de crianças com metade da cara desfeita. - avança um.

    - Pois, mas isso já fizemos um artigo a semana passada.

    - Ah, não tem nada a ver - retorquiu - porque podíamos fazer uma capa mostrando fotos com ambas as faces, onde uma está porreira e a outra não...

    - Hum... tipo Antes-e-Depois... - coçando o ouvido interno com a sua Bic Laranja de escrita fina - ...'tá bem visto.

    - Não tenho é muito para dizer - lamenta.

    - Ainda temos aí o texto da semana passada. Mete esse...ninguém lê e os que o fazem só processam 10 palavras de cada vez.

    (risada geral)

    - OK. Mais! Precisamos de outro artigo para acompanhar o relatório diário do processo Casa Piano.

    - Tenho aqui um artigo sobre a descoberta do que se presume ser a cratera que originou a extinção quase total da vida na Terra há ...

    - Cala-te com essa porcaria!- todos em côro.

    - Olha, pá, se voltas a falar dessa m... vais para o olho da rua. - ameaça o Director que entretanto chega, atraído pela conversa de crianças desfiguradas.

    - E gajas? Não há nada com gajas? - aventa outro.

    - Uh Uh! Pfiu! - gritos e assobios plenos de virilidade generalizados, inclusivé da parte de algumas mulheres presentes.

    E é neste processo criativo editorial que interrompemos, certos de que foi uma tarde arruinada.

     
    .::. O CÉREBRO FICOU À MOSTRA
    O CM brinda-nos com mais esta pérola do jornalismo.

    Quem viu o filme Crash revisita o seu tema diariamente percorrendo as parangonas deste diário português. O horrendo e tétrico destino de outras pessoas, o qual podia facilmente ser o nosso, «vende-se melhor que pão quente» e, melhor que ninguém, o CM sabe disso.

    Este fenómeno começa no já mecanizado acto reflexo de virar de cabeça e levantar do pé na auto-estrada ao passar por (mais) um acidente rodoviário, e tem por limite todo o universo que os media deste género exploram.

    Felizmente que este jornal não desenvolve um artigo numa extensão superior a 100 palavras (sim, mesmo quando é notícia de 1ª página), conhecido o limite de concentração do seu leitor médio... ou será do jornalista?

    quarta-feira, maio 12, 2004
     
    .::. EMBIRRANÇOS 3
    Embirro com as pessoas burras, muito burras mesmo, que vão aos concursos televisivos - leia-se Um Contra Todos - e dizem com a maior desfaçatez, como se tivessem graça:
  • Bizâncio? Nunca ouvi!

  • Não sei se Jorge Sampaio está no primeiro ou segundo mandato...

  • O Tibete é verde, deve ser O Pulmão da Terra...

  • Eu cá se fosse assim tinha vergonha e não mostrava o focinho às outras pessoas.

     
    .::. EMBIRRANÇOS 2
    Eu cá embirro com os automobilistas que não acreditam que um espelho retrovisor funciona melhor quando não está recolhido.

    Depois surpreendem-se e assustam-se quando passa uma mota um bocadinho mais depressa...

     
    .::. EMBIRRANÇOS 1
    Após a revelação do que era o Zzzt, que sossegou a mente de milhões de portugueses que angustiadamente insoniavam em ansiosa expectação, lembrei-me de inaugurar aqui uma lista que espero longa de embirranços de estimação. O embirranço que tem a honra de inaugurar é: REVISTAS PSEUDO-MÉDICAS DE SAÚDE E ESTILO DE VIDA.
    Pois é, ao folhear esses crimes de lesa-floresta em consultórios ou repartições, constará o leitor de que a temática abordada se resume às duas faces que realmente importam aos editores e pseudo-jornalistas que as fazem: Sexo e dietas.
    Reparem nos temas que poderiam sair num hipotético exemplar:
  • O verão vem aí e os quilos a mais têm de sair!

  • Ejaculação precoce: mitos e curas

  • Magra com morangos

  • Atraia a pessoa certa: o poder do amarelo

  • 25 alimentos low fat

  • Zonas erogéneas, guia de expedição

  • Junta-se a isto um consultório médico com profissionais altamente cotados que deixem pôr uma fotografia ao lado de textos no correio do pseudo-leitor, mas sempre versando sexo. Apenas um pouco mais evoluído que na revista Maria. Como por exemplo:
    Endocrinologia: "Tenho 1,56m e mais 25 kg que o normal. Conseguirei realizar todas as posições do Kamasutra?"
    Oftalmologia: "Durante as relações o meu parceiro exige a luz desligada. No entanto não vejo bem no escuro. E se comprasse daquelas luzes de intensidade variável?"
    Nefrologia: "Ouvi dizer que sexo demasiado frequente dá dores de rins. Será assim?"
    Suspiro. Para quando o lançamento de uma revista intitulada Sexo & Dietas, assim tout court com sinceridade no título?

    terça-feira, maio 11, 2004
     
    .::. Autoridade quer acabar «blogs»
    ...alegando tendência para difamação.

    Transcrição do Expresso online:
    «A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) pretende acabar com a existência dos chamados «blogs», páginas de opinião muito em voga na Internet, alegando que estes sítios são frequentemente utlizados para difamação, afirmou ao EXPRESSO Online Pedro Amorim, especialista em direito para as novas tecnologias da informação.

    O jurista falava à saída do seminário «Ciberlaw'2004», organizado pelo Centro Atlântico, que decorreu na terça-feira no Centro Cultural de Belém

    «Os blogs estão cada vez mais a ter uma relação com o jornalismo, e prevê-se uma grande tendência para a difamação. O objectivo da ANACOM é acabar com a criação de "blogs" e espero que seja cumprido», disse Pedro Amorim.

    (...)

    Pedro Amorim esteve presente no Seminário «Ciberlaw'2004», organizado pelo Centro Atlântico, que decorreu no Centro Cultural de Belém.

    17:52 11 Maio 2004»

     
    .::. NOTÍCIAS
    As notícias de abertura de este serviço noticioso são:

    1: «VIOLENTA EXPLOSÃO NA ESCÓCIA»
    - Eh pá, desculpem lá.- confessou o IRA. - Normalmente quem dispara é o braço armado, mas desta vez quisemos fazer o jeitinho e deixar o braço político atirar... parece que foi um pouco ao lado.

    É caso para dizer: MacChatice.

    2: «SIDA É A PRINCIPAL CAUSA DE MORTE ENTRE ADULTOS»... com SIDA;

    3: «MORRER AOS PÉS DA VIRGEM»: é assim tipo «Morrer com a praia à vista» mas mais lavadinho... e com pouco uso.

    4: «BOMBEIROS QUEREM NOVIDADES NOS FOGOS»: Fonte próxima da Liga de Bombeiros apurou que estes desejam saber das novidades, mesmo quando andam no mato a apagar incêndios.
    - Pois, um gajo anda aqui com a mangueira na mão e nem o resultado da bola sabe. - esclarecem - ... ainda por cima agora com o Euro, que é durante o Verão, já se está mesmo a ver.

    segunda-feira, maio 10, 2004
     
    .::. TENDÊNCIAS SOCIOPATAS
    É com pesar que informo o seguinte:
    «Se eu ouço mais um anúncio ao ZZTT, ou ao RockInRio ou au Euro, vai-me dar uma coisa má e a minha amiga AK47 vai ser apresentada a uma multidão inocente...»

    domingo, maio 09, 2004
     
    .::. FORMULA YAWN
    Ao ver a corrida de Fórmula Um de hoje, veio-me à memória uma já antiga proposta de rebaptizar a modalidade de Formula Yawn.

    sexta-feira, maio 07, 2004
     
    .::. BI

    O Agora ou Blogo, sempre na senda do progresso científico, entrevista Carlos Silvino. Este conhecido matemático, formado nas escolas da Casa Pia, falou-nos a propósito da sua badaladíssima invenção de um novo número irracional:

    Agora ou Blogo (AoB): Boa tarde, Carlos. Diga-nos como surgiu a ideia deste novo número.

    Carlos Silvino (CS): Trata-se de um irracional cuja parte decimal é igual às medidas padrão de anca, cintura e peito do jovem médio da Casa Pia, somado à raiz cúbica do número de contactos na minha agenda.

    AoB: Extraordinário! E já tem nome, este número?

    CS: Sim, é o número Bi.

    AoB: Bi... Bi? Como lhe surgiu a ideia?

    CS: Bibi? Olha... tá bem, querido, podes chamar-me assim. Estava a ver as imagens do Carlos Cruz em Birre e a ideia para o número veio na sequência natural do 1-2-3.

    AoB: Quer então dizer que Bi é quatro?

    CS: Não, Bi não é quatro. Tem um desenvolvimento decimal difícil de expressar, mas se me apertarem, conto tudo.

    AoB: E a ideia para o nome? Como surgiu?

    CS: Bi tem múltiplas raízes. Estava a pensar numa homenagem à comunidade Bi ao mesmo tempo que me lembrava de imortalizar Birre. Além disso, Bi Bi, ou seja, o quadrado de Bi, era o meu petit-nom, além de ser o número do meu B.I.!

    AoB: Obrigado, Carlos, foi um prazer.

    CS: De nada, não queres boleia? Vou a Elvas, queres vir?


    quinta-feira, maio 06, 2004
     
    .::. COBERTURA JORNALÍSTICA
    Ligamos agora em directo à nossa repórter e correspondente em Birre, Papa Ragazzi, junto à casa de Charles Crucifix (nome fictício).

    AgoraOuBlogo (AUB): Papa, o que podes nos contar no momento em que regressa CC a sua casa após tão prolongada ausência?

    Papa Ragazzi (PR): Neste momento, o nosso cameraman, Pipo, acabou de ser cilindrado por um Mercedes Classe E tamanho familiar, mas acho que valeu a pena... sim, confirmo! Deu umas imagens espectaculares, ainda por editar mas que vão a tempo do directo em primetime.

    AUB: Pipo, não morreste em vão! - reconfortámos. - Que mais nos reportas, Papa?

    PR: Nesse carro vinha o «primo-afastado-de-3º-grau-que-ainda-assim-vem-jantar-lá-a-casa-aos-feriados-religiosos» (SIC) que trazia o Golden Retriever de CC, sim o Bibby, para que pudesses rever o dono, vindo directamente do veterinário onde foi submetido a uma delicada operação de Focinho-Lift.

    AUB: Caro leitor, é com preocupação que acompanhamos esta situação. Papa, como se encontra o canito?

    PR: Uff! Au! ChIça! - baque surdo - ... é difícil dizer, pois acabei de levar uma cotovelada entre os olhos...

    AUB - Que giro. Entre os olhos? Então quer dizer que acabou a «EntreVista»? - risos abafados.




    quarta-feira, maio 05, 2004
     
    .::. TeleUEFA (Parte II)
    Lembram-se deste post?
    Pois quero utilizar o meu último crédito, se faz favor.

    segunda-feira, maio 03, 2004
     
    .::. Deus não é entrópico
    Estes senhores vieram protestar contra a Segunda Lei da Termodinâmica. Acham que é contra os ensinamentos de Deus.

    A Segunda Lei da termodinâmica diz basicamente que ninguém pode levantar um dedo sem que isso implique um aumento da entropia do universo, o que no limite levará à sua destruição. Uma destruição daquelas cíclicas que provavelmente já aconteceu umas quantas vezes e provavelmente acontecerá outras tantas. Se Deus existe, este será o seu fogo-de-artifício de final de festa de aldeia.

    Ora os senhores da Christian Coalition acham que não. que Deus é sério e não gosta de fogo-de-artifício. Que Deus até pode ter respostas para tudo mas que eles não sabem como explicar às criancinhas que a Segunda Lei da Termodinâmica não é contrária aos ensinamentos bíblicos.

    Vai daí criaram um grupo de pressão para alterar a Segunda Lei. Que no país deles as leis foram feitas para serem submetidas à vontade do povo e não o contrário. Que se até as novelas podem ter um final escolhido pelo público, porque não o Universo?

    Os cientistas já avisaram das implicações que mexer com as leis básicas da termodinâmica pode acarretar, incluíndo o parar da expansão do Universo, o acabar com a radiação do Sol e de todas as outras estrelas, mas nada os demove.

    Eu estou com o Woody Allen: a ideia de parar a expansão do Universo e torná-lo finito é reconfortante para aqueles que, como eu, nunca sabem onde é que deixaram as chaves do carro.

    quinta-feira, abril 29, 2004
     
    .::. ÍNTEGRO
    O Diário Digital costuma ser mais sério que o Correio da (arti)Manha. Mas hoje o paginador deixou que a manchete fosse Portugal é segundo país mais íntegro, diz estudo.
    Segundo o instituto que fez o estudo, o índice mede a transparência, abertura e a responsabilização das instituições públicas, bem como a eficácia do combate à corrupção (em primeiro lugar ficaram os EUA, esse extraordinário país onde o presidente foi o segundo candidato mais votado). Isto tudo quando no resto da página se podia ler:
  • Nuno Cardoso suspeito de favorecimento ao FCP
  • Durão não quis comentar financiamento ilegal de partidos
    Seguia-se uma notícia sobre Fátima Felgueiras.
    Palavras para quê?


  • terça-feira, abril 27, 2004
     
    .::. MARAVILHA DA ENGENHARIA

    Graças à intervenção do Advogado Sá Fernandes, Portugal vê inscrito o seu nome no livro das maravilhas do Mundo através daquela que já é apelidada como a maior inovação da engenharia do Mundo e arredores. Este facto foi conseguido graças ao «Túnel do Marquês[,] suspenso por falta de estudo».

    Mais difícil ainda do que suspender um túnel é fazê-lo porque este não completou o Ensino Básico obrigatório.
    A mãe Túnel, Santa Ana como era conhecida, bem o tinha avisado:
    - «Filho, tu sem estudos não chegas a lado nenhum».
    Ao que ele retorquiu:
    - «Mas eu só quero ir das Amoreiras até ao Saldanha».
    Mas o coração de mãe é fraco e sucumbiu, dizendo:
    - «Está bem, filho. Vai, mas leva um agasalho.»

    segunda-feira, abril 26, 2004
     
    .::. AS AVENTURAS DE LEX, o cão da cega Justiça
    - Oh Lex! Acode aqui que a velha espalhou-se outra vez.
    - Auf Auf? (*1).
    - A Justiça, coitadinha; - responde - já não lhe bastava ser ceguita que agora também é trapalhona;
    - Ão Ão (*2).
    - Lex, tem maneiras...
    - Au Au, Auf Ão, Bark Bark Bark? (*3).
    - Ainda assim...

    Para ver o compacto de mais um episódio do cão Lex, clique aqui.

    Tradução (assegurada pelo BabelDog):
    *1: Qual Velha?
    *2: Deixa-me dar-lhe uma trinca, só uma! Vá lá!
    *3: Sabes que existe uma corrente filosófica que assenta na relação homem-cão para postular sobre a essência da vida?

    sexta-feira, abril 23, 2004
     
    .::. COUTO INTERROMPIDO

    Noticía o CM que o Benfica está a negociar o Fernando Couto. Se este negócio não for para a frente, teremos o Couto interrompido, depois da euforia com o campeonato ter sido precoce

    quinta-feira, abril 22, 2004
     
    .::. Todo o homem é uma prisão
    O site Mais Futebol dá conta da resposta absolutamente de almanaque que o Avelino Ferreira Torres, Presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses, deu à imprensa.

    Por causa do escândalo do Apito Dourado, anteontem a polícia judiciária fez uma busca minuciosa ao gabinete do Presidente, e durante esse tempo o senhor foi dado como estando em parte incerta. Ninguém sabia dele.

    Ontem o mistério ficou esclarecido. Questionado sobre o seu paradeiro, o Presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses revelou: "Estive na casa de banho".

    Conseguem imaginar o tempo que leva uma busca da PJ em busca de documentos relevantes dentro de um gabinete de presidência municipal?

    Da nossa parte estamos em condições de adiantar que simplesmente o Sr. Presidente da Câmara decidiu entrar em estágio, para o caso de vir a ser indiciado como arguido. Isolou-se na solitária, debatendo-se com a prisão de ventre.

    e finalmente decidiu que não se ía acagaçar por tão pequena coisa, mandou tudo para trás das costas e reapareceu em público...

    quarta-feira, abril 21, 2004
     
    .::. LUSO-DESCENDENTE
    Todo aquele luso-ascendente (potencial, pelo menos) que já não puder ouvir notícias sobre notáveis luso-descendentes que levante o braço.

     
    .::. QUANTOS SÃO? QUANTOS SÃO?
    Eta! bicho cornudoA operação Apito Dourado, algo pretensiosamente apelidada (lembremo-nos que estamos a falar da 2ª Divisão de Honra o que daria direito, assim bem esticadinho, para um Apito de Cortiça), levanta a questão premonitoriamente já levantada pelo Major que é «Quantos são? Quantos são».

    Eu quero deixar aqui um apelo à prestimosa PJ, à qual aproveito para congratular pelo trabalho exemplar que já é seu apanágio:
    «Esperem até o final da Liga dos Campeões para se entregarem de corpo e alma ao Apito de Diamante.»

    Em resumo, Agora não, mais bLogo, se faz favor.

    sexta-feira, abril 16, 2004
     
    .::. MISS THE RIGHT ANSWER
    O Correio da Manhã, esse pasquim que explora os recônditos noticiosos à cata de notícias de que mais ninguém se lembra, resolveu fazer um
    teste de cultura geral às candidatas a Miss Portugal.
    Os resultados foram decepcionantes, o que indica estarmos na presença de mais uma não-notícia. Para jornal do óbvio já temos o Diário da República e qualquer desportivo. Resta saber o valor do percentil-loura face ao percentil-morena. Tudo terminou em beleza pois "a prova não terminou sem que as jovens usassem a imaginação, uma vez mais, (?) para atribuir a cada membro do júri um animal, um objecto e um filme". O Agora ou Blogo bem tentou saber com que trio saiu brindado Carlos Barbosa, mas o epíteto de blog sério foi mais forte.

     
    .::. NÃO AVISO CABEÇAS
    A decisão de proibir o lançamento de foguetes nos espaços rurais, durante o período de Verão, parece-nos acertada no espírito, mas falha na forma.

    Passo a explicar:
    Facto #1: foguetes lançados sobre fardos de palha não dá direito a coisa boa;
    Facto #2: sem foguetes desaparece a classe fogueteira (vulgo pirotécnicos) e arruinam-se famílias;
    Facto #3: sem festinha da terra no Verão não há emigrantes;
    Facto #4: sem emigrantes menos bagalhuço se gasta em Portugal.

    A redacção do AgoraOuBlogo avança em primeira mão aquela que poderá ser a solução para este problema e dá pelo nome de «Vê lá onde te cai a cana».
    Ao jeito da festa congénere tida em Pamplona, onde um bando de indivíduos etilizados corre à frente de umas mãos cheias de touros bravos, o Turismo Português devia promover uma reformulação da técnica de lançar os foguetes.
    Ora aqui está: em lugar de apontar para cima, aponta-se para a praça, pejada de «party people», os quais no frenesim da loucura, correm desesperadamente à frente do malvado chamejante que teima em encontrar o repouso final onde o sol não brilha.

    Ganhamos todos. Ora vejam:
    #1- o povo porque tem festa;
    #2- o Governo porque espevita o Turismo, a nível internacional, arrisco mesmo;
    #3- a classe fogueteira que não só não se lhe acaba o negócio como ganha novo alento;
    #4- os Bombeiros que já podem apanhar uma tosga valente nas festas do Verão sem medo de serem chamados para o Combate às Chamas.

    É assim como uma espécie de selecção natural onde os mais bêbados engrossam as estatísticas dos acidentes pirotécnicos e deixam de andar nas estradas...

    Faça-se Agora, não bLogo!

    quarta-feira, abril 14, 2004
     
    .::. Uma Bovina eliminada do Estoril Open


    Elena Bovina eliminada do Estoril Open: o Agora ou Blogo foi investigar, e é caso para dizer que a ex-principal favorita à vitória no quadro feminino faz jus ao seu apelido! Enfim... devia haver uma lei no ténis que obrigasse todas as bovinas a chegarem às finais dos torneios!... e as kournikovas também...


    quarta-feira, março 31, 2004
     
    .::. NOTÍCIAS
    #1 - «MARÇAL VOLTA AO TRABALHO»: Joãozinho! Volta a vestir as cuecas de ferro, se faz favor. Faz o que o Pai te diz!

    terça-feira, março 30, 2004
     
    .::. GREVÊ DE PILOTO
    Os trabalhadores da CARRIS avançaram com a notícia de (mais) um período de greves a acontecer durante os eventos Rock in Rio e Euro (ver CM). Surpreendidos com esta medida, fomos falar com o representante desta alegre rapaziada, o Sr. Passos Dias Aguiar:
    - O movimento sindical resolveu marcar mais uma greve... - perguntávamos.
    - Maizòmenos. - interrompeu. - Na verdade, começou por um pedido da Direcção Geral do Ambiente.
    - Da DGA?
    - Pois. Parece que, com os cámones ai a chegar, a Senhôra menistra não quer ver nuvens negras a andar na faixa de BUS. Diz que dá azar. - explicou - E atão, o nosso dirigente sindical, o Engº Domingos Dias Santos (uma rica pessoa) disse: «'Tá bem.»
    - Boa argumentação.
    - Assim, com'assim, até nos dá jeito. - confessa - Sempre vemos a bola em directo e temos mais tempo para ir levar e buscar os míudos ao Rocky Rio. «'Tá bem pensado» gritámos logo ali.

    Caros leitores: numa altura de falta de confiança política no Governo, fica-nos este exemplo de Concertação Social, onde proletariado e Estado se únem numa só voz.

    sexta-feira, março 26, 2004
     
    .::. SEXO NA PILDRA
    Segundo o CM este Provedor vem exigir aquilo que o seu pelouro trata: Justiça.
    Já sei o que está o nosso caro leitor a pensar: «Lá vem este gajo com o humor fácil e de baixo nível». Mas não. Não irei por essa estrada. Virei aqui à esquerda atraído pela afirmação da redacção «Reclusos devem ter mais sexo».
    Fomos entrevistar o recluso, a que chamaremos Carlos Silvino para manter o anonimato, sobre estas afirmações.
    - Revê-se nas afirmações do Provedor da tutela da instituição prisional na qual se encontra alojado neste momento? - perguntámos.
    - Quê? Não percebi nada da pergunta.
    - Acha que os reclusos devem ter mais sexo? - reformulámos.
    - Mais?! Meus amigos, há limites. Quer ver a minha agenda? Hoje, por exemplo, que até nem foi um dia movimentado... ora aqui está:

    07h00: Alvorada;
    07h05: Pí...ia (N.R. Trabalho manual onanista. A Redacção traduzirá doravante expressões menos próprias, assinalando-as em itálico, na esperança de proteger os leitores mais sensíveis);
    07h10: Banho;
    07h10:30: Sodomia (passiva) com o «Pica-Miolos»;
    07h10:55: Sodomia (passiva) com o Manguitos;
    07h11:30: Novamente o «Pica-Miolos»;
    07h12:30: Novamente o «Pica-Miolos»;
    07h15: Banho;
    07h25: Fugir do «Pica-Miolos»;
    07h30: Pequeno-almoço;
    08h40: Falatio;
    08h45: ...

    - Acho que já percebemos a ideia. - atalhámos.
    - Eu quando o vi a si pensei que fosse a marcação das 17h. - confessou - Olhe, é pena que até é muito jeitoso.
    - Pois. Noutra altura, talvez. Mais bLogo.
    - Nós até temos uma piada que costumamos dizer uns aos outros. Quer ouvir?
    - Pronto, vá lá. - anuímos.
    - Então é assim: «Eu acho que te vi no outro dia», diz um. «Ai sim?»«Sim, em Marrocos. Estavas em Rabat»
    - ...
    - Percebeu? Em Rabat? Fui eu que inventei, sabe?

    Mais sexo, Sr. Provedor? Na opinião deste jornalista, concentre-se em avaliar e perceber melhor a vida dos reclusos em lugar de atirar medidas eleitoralistas para a mesa.


    Powered by Blogger